Racismo: Homem xingou servidora do SAMU em Iporá e foi preso

Homem de 43 anos, cujo nome não foi noticiado pela Polícia Civil, foi preso em Iporá, após suspeitas de prática de racismo contra uma servidora pública do município.
O fato se deu na manhã de segunda-feira,19, e a vítima, segundo a informação levada a autoridade policial, foi ameaçada e ainda chamada de “preta, nojenta e feia”.
A médica do SAMU, indignada com o fato procurou a policia civil, as informações foram colhidas, e nas investigações o suspeito foi encontrado já no terminal rodoviário da cidade.
Segundo testemunhas, além da prática de racismo, o indivíduo teria ameaçado a vitima com as seguintes palavras “vontade de dar um tiro na sua cara”. Diante da situação aconteceu a prisão, realizada pela delegacia especializada do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc)

Conteúdo relacionado

Comente e participe conosco:

0 comentários

Últimos destaques

Acompanhe a RDR nas Redes Sociais

Leia também